A terapêutica antirretrovírica no indivíduo idoso – quando começar?