O desafio no manejo clínico dos doentes com alterações neurocognitivas