A gestão da infeção diagnosticada de novo no idoso

Neste caso clínico, é apresentado o exemplo de um doente com mais de 50 anos e diagnóstico recente de infeção por VIH. Na consulta inicial, apresentava elevado risco cardiovascular, polimedicado, com consumo ocasional de substâncias de abuso e queixas de mialgias e fraqueza muscular que o impediam de trabalhar.