Abordagem clínica de uma neoplasia rara e não-definidora de SIDA

Neste caso clínico, é ilustrado o seguimento de um doente de 62 anos infetado por VIH desde 1996, que viria a ser diagnosticado com uma rara neoplasia não-definidora de SIDA, o carcinoma do pénis.